CORONAVIRUS (Covid-19): An overview of how Brazil is dealing with this problem.

in GEMSlast year (edited)

This publication was also written in SPANISH and PORTUGUESE.

Olhar Digital

Just like in any place in the world that has been affected by the outbreak of the new version of the Coronavirus (Covid-19), the situation here in Brazil is becoming increasingly worrying (especially after the World Health Organization - WHO, classified this situation as a pandemic) and reaching an alarming level that is making the whole country rethink some concepts and priorities.

Specifying the number of infected people (and especially the suspected cases that are under rigorous investigation) is a complicated task because this virus has a very fast spread and because of that, the number of people affected by it has a very dynamic number. The only certainty at the moment regarding this is that the percentage curve tends to grow in the coming weeks.

However, speaking of the current numbers in the country... Officially, according to the figures released by the Ministry of Health (which, by the way, has been the only ministry within all federal agencies that is acting firmly, consistently and forcefully) in this great battle), there are already just over 300 people infected and the number of suspected cases is already over 8,000.

G1

In regional terms, the country is made up of 26 states and 01 federal district (which is the capital of the country) and within that number, 16 of them have a higher alert level because they are the ones who have already registered infected patients or who are under suspicions. However, more broadly, the whole country is under a clear state of attention because the threat is not isolated and much less controlled.

The country is being very well informed for the work done not only for what has been done by the Ministry of Health, but also for the work of the media and the news involved in this process. The reports on Coronavirus are daily and very complete, showing that the connection between the government (only in the health area) is in line with the television sector and digital platforms.

In terms of precaution, the measures that are being widely publicized by the media (on the recommendation of the Ministry of Health) are the use of disposable masks or tissues (to avoid mitigating the virus and at the same time protect against it) , use of alcohol gel or water + soap to clean hands and avoid places with large crowds of people.

Rondoniagora

The above recommendations were at a national level, but some states are going further and because of a lack of support from other federal agencies (which should have been involved in this fight and until then neglected it), particular measures are being planned and the population is already feeling their impact. The highlights have been the cancellations of public events and suspension of classes at schools and universities.

Other decisions involve the closure of several public offices for an indefinite period and private companies that remain open are investing in a much more intense cleaning process in the workplace, and there are some that are making the working hours of the professionals more flexible so that they avoid use public transport during rush hours.

In the public transport sector, companies are also strongly involved in cleaning (after all... in a country as populous as Brazil, this sector cannot stop). The same is true for airports and other locations that tend to gather large numbers of people, but who need to stay open and functioning. At the moment, the demand for air travel (personal or professional) is falling a lot.

Agência Brasil

Specific sectors that act as pillars for the country's economic growth are also being impacted on all sides and in various ways. All of them are making negative projections on billings and this will be reflected very easily in the even slower financial recovery of a country that even before this pandemic was declared has suffered from negative rates for a long time.

Today, this pandemic is gaining extra attention in Brazil because the first death due to the Coronavirus was registered in São Paulo (which, incidentally, is the state with the highest rates of people infected or who are suspected of being infected). Over the next few weeks, it is expected - unfortunately - that figure will increase because the country has not yet reached its highest peak state.

Acting more intensely in the field of scientific research (despite the lack of interest from the presidential government in relation to the category that represents Science in the country), Brazil is already working to develop a vaccine against Covid-19) and despite the way there be long... Within what is possible to be done, we are doing our part to help destroy this obstacle.

G1

In relation to other countries, it is possible to say that the situation here is much more peaceful and far from reaching chaotic. However, ironically, this has had a negative effect because many people are not giving due attention to this problem and ignoring security measures because they believe that this is all a great exaggeration (even with so much evidence already confirmed in other countries) .

After this pandemic is gone and this virus is controlled, Brazil will still have a difficult path in its reconstruction as a nation because our most urgent problems have spanned many decades. Unfortunately, they are far from being solved and this episode starring Covid-19 is able to explain some of them in a very visible way for those who are aware of our reality.

Finally, and concluding this general panorama, this moment requires a lot of attention, a more evident sense of collectivity and empathy for the needs of others and a heightened level of caution because it is a critical moment for the whole world (nowhere is 100% insurance) because it is not an isolated situation (although many people think that way) and that will only be solved with the collaboration of all.


CORONAVIRUS (Covid-19): Una visión general de cómo Brasil está lidiando con este problema.

Como en cualquier lugar del mundo que se haya visto afectado por el brote de la nueva versión del Coronavirus (Covid-19), la situación aquí en Brasil es cada vez más preocupante (especialmente después de que las Organización Mundial de la Salud - OMS, clasificaron esto situación como una pandemia) y alcanzando un nivel alarmante que está haciendo que todo el país reconsidere algunos conceptos y prioridades.

Especificar el número de personas infectadas (y especialmente los casos sospechosos que están bajo investigación rigurosa) es una tarea complicada porque este virus se propaga muy rápidamente y, por eso, el número de personas afectadas por él tiene un número muy dinámico. La única certeza en este momento con respecto a esto es que la curva de porcentaje tiende a crecer en las próximas semanas.

Sin embargo, hablando de los números actuales en el país... Oficialmente, según las cifras publicadas por el Ministerio de Salud (que, por cierto, ha sido el único ministerio dentro de todas las agencias federales que está actuando con firmeza, coherencia y fuerza) en esta gran batalla), ya hay poco más de 300 personas infectadas y el número de casos sospechosos ya supera los 8.000.

En términos regionales, el país está compuesto por 26 estados y 01 distrito federal (que es la capital del país) y dentro de ese número, 16 de ellos tienen un nivel de alerta más alto porque son los que ya han registrado pacientes infectados o están bajo sospechas Sin embargo, en términos más generales, todo el país está bajo un claro estado de atención porque la amenaza no está aislada y mucho menos controlada.

El país está muy bien informado por el trabajo realizado no solo por lo que ha hecho el Ministerio de Salud, sino también por el trabajo de los medios de comunicación y los periódicos involucrados en este proceso. Los informes sobre Coronavirus son diarios y muy completos, y muestran que la conexión entre el gobierno (solo en el área de la salud) está en línea con el sector de televisión y las plataformas digitales.

En términos de precaución, las medidas que están siendo ampliamente difundidas por los medios de comunicación (por recomendación del Ministerio de Salud) son el uso de máscaras o tejidos desechables (para evitar mitigar el virus y al mismo tiempo protegerlo) , use gel de alcohol o agua + jabón para limpiar las manos y evitar lugares con grandes multitudes de personas.

Las recomendaciones anteriores fueron a nivel nacional, pero algunos estados van más allá y debido a la falta de apoyo de otras agencias federales (que deberían haber estado involucradas en esta lucha y hasta entonces descuidadas), se están planificando medidas particulares y la población ya está sintiendo su impacto. Lo más destacado ha sido la cancelación de eventos públicos y la suspensión de clases en escuelas y universidades.

Otras decisiones implican el cierre de varias oficinas públicas por un período indefinido y las empresas privadas que permanecen abiertas están invirtiendo en un proceso de limpieza mucho más intenso en el lugar de trabajo, y hay algunas que hacen que las horas de trabajo de los profesionales sean más flexibles para que eviten use el transporte público durante las horas pico.

En el sector del transporte público, las empresas también están muy involucradas en la limpieza (después de todo... en un país tan poblado como Brasil, este sector no puede parar). Lo mismo es cierto para los aeropuertos y otros lugares que tienden a reunir un gran número de personas, pero que necesitan permanecer abiertos y en funcionamiento. Por el momento, la demanda de viajes aéreos (personales o profesionales) está disminuyendo mucho.

Los sectores específicos que actúan como pilares para el crecimiento económico del país también se ven afectados por todos lados y de diversas maneras. Todos ellos están haciendo proyecciones negativas sobre la facturación y esto se reflejará muy fácilmente en la recuperación financiera aún más lenta de un país que incluso antes de que se declarara esta pandemia ha sufrido tasas negativas durante mucho tiempo.

Hoy, esta pandemia está recibiendo atención adicional en Brasil porque la primera muerte por Coronavirus se registró en São Paulo (que, por cierto, es el estado con las tasas más altas de personas infectadas o sospechosas de estar infectadas). En las próximas semanas, se espera que - desafortunadamente - ese número aumente porque el país aún no ha alcanzado su estado pico más alto.

Actuando más intensamente en el campo de la investigación científica (a pesar de la falta de interés del gobierno presidencial en relación con la categoría que representa la Ciencia en el país), Brasil ya está trabajando para desarrollar una vacuna contra Covid-19) y a pesar de la forma en que existe sea ​​largo... Dentro de lo que se puede hacer, estamos haciendo nuestra parte para ayudar a destruir este obstáculo.

En relación con otros países, es posible decir que la situación aquí es mucho más pacífica y está lejos de llegar a ser caótica. Sin embargo, irónicamente, esto ha tenido un efecto negativo porque muchas personas no están prestando la debida atención a este problema e ignoran las medidas de seguridad porque creen que todo esto es una gran exageración (incluso con tanta evidencia ya confirmada en otros países) .

Después de que esta pandemia desaparezca y se controle este virus, Brasil aún tendrá un camino difícil en su reconstrucción como nación porque nuestros problemas más urgentes han abarcado muchas décadas. Desafortunadamente, están lejos de resolverse y este episodio protagonizado por Covid-19 puede explicar algunos de ellos de una manera muy visible para aquellos que conocen nuestra realidad.

Finalmente, y para concluir este panorama general, este momento requiere mucha atención, un sentido más evidente de colectividad y empatía por las necesidades de los demás y un mayor nivel de precaución porque es un momento crítico para todo el mundo (en ninguna parte es 100% seguro) porque no es una situación aislada (aunque muchas personas piensan de esa manera) y eso solo se resolverá con la colaboración de todos.


CORONAVÍRUS (Covid-19): Um panorama geral sobre como o Brasil está lidando esse problema.

Assim como em qualquer lugar do mundo que vem sendo atingindo pelo surto da nova versão do Coronavírus (Covid-19), a situação aqui no Brasil vem se tornando cada vez mais preocupante (especialmente depois que a Organização Mundial da Saúde - OMS, classificou essa situação como uma pandemia) e atingindo um nível alarmante que está fazendo todo o país repensar alguns conceitos e prioridades.

Precisar o número infectados (e principalmente os casos suspeitos que estão sob investigação rigorosa) é uma tarefa complicada porque esse vírus tem uma forma de propagação muito rápida e por causa disso, a quantidade de pessoas que foram afetadas por ele tem uma numeração muito dinâmica. A única certeza no momento em relação a isso é que a curva de porcentagem tende a crescer nas próximas semanas.

No entanto, falando dos números atuais no país... Oficialmente, de acordo com os números divulgados pelo Ministério da Saúde (que por sinal, tem sido o único ministério dentro de todos os órgãos federais que está agindo de forma firme, consistente e contundente nesta grande batalha), já existem pouco mais de 300 pessoas infectadas e o número de casos suspeitos já é superior os 8.000.

Em termos regionais, o país é formado por 26 estados e 01 distrito federal (que é a capital do país) e dentro desse número, 16 deles estão com um nível de alerta mais alto porque foram eles que já registraram pacientes infectados ou que estão sob suspeitas. No entanto, de uma forma mais ampla, todo o país está sob um claro estado de atenção porque a ameaça não está isolada e muito menos controlada.

O país está sendo muito bem informado pelo trabalho realizado não apenas pelo que vem sendo feito pelo Ministério da Saúde, mas também pelo trabalho da mídia e dos jornalistas envolvidos neste processo. As reportagens sobre o Coronavírus são diárias e muito completas, mostrando que a sintonia entre o governo (apenas na parte da saúde) está em sintonia com o setor televisivo e plataformas digitais.

Em termos de precaução, as medidas que estão sendo amplamente divulgadas pelos meios de comunicação (sob recomendação do Ministério da Saúde) são o uso de máscaras ou lenços de papel descartáveis (para evitar a mitigação do vírus e ao mesmo tempo se proteger contra ele), uso de álcool gel ou água + sabão para higienização das mãos e evitar locais com grandes aglomerações de pessoas.

As recomendações acima foram em um nível nacional, mas alguns estados estão indo mais além e por causa de uma falta de suporte por parte de outros órgãos federais (que deveriam estar envolvidos nesta luta e até então negligenciando-a), medidas particulares estão sendo planejadas e a população já está sentindo o impacto delas. Os destaques vem sendo os cancelamentos de eventos públicos e suspensão de aulas em escolas e universidades.

Outras decisões envolvem fechamentos de várias repartições públicas por tempo indeterminado e as empresas privadas que continuam abertas, estão investindo em um processo de limpeza muito mais intenso nos locais de trabalho e há algumas delas que estão flexibilizando o horário de trabalho dos profissionais para que eles evitem utilizar meio de transportes públicos em horários de rush.

No setor de transporte público, as empresas também estão atuando fortemente na limpeza (afinal... em um país tão populoso como Brasil, esse setor não pode parar). O mesmo está valendo para os aeroportos e demais locais que tendem a juntar um grande número de pessoas, mas que precisam ficar abertos e funcionando. No momento, a procura por viagens aéreas (pessoais ou profissionais) está caindo muito.

Setores específicos que funcionam como pilares para o crescimento econômico do país também estão sendo impactados por todos os lados e de várias formas. Todos eles estão fazendo projeções negativas sobre faturamentos e isso será refletido muito facilmente na recuperação financeira ainda mais lenta de um país que antes mesmo desta pandemia ser declarada já sofre com índices negativos há muito tempo.

Hoje, essa pandemia está ganhando uma atenção extra no Brasil porque a primeira morte em decorrência do Coronavírus foi registrada em São Paulo (que aliás, é o estado que registra os maiores índices de pessoas infectadas ou que estão sob suspeita de infecção). Ao longo das próxima semanas, espera-se que - infelizmente - esse número aumente porque o país ainda não atingiu o estado de pico mais alto.

Atuando mais intensamente no campo das pesquisas científicas (apesar da falta de interesse do governo presidencial em relação à categoria que representa a Ciência no país), o Brasil já está trabalhando para desenvolver uma vacina contra o Covid-19) e apesar do caminho até lá ser longo... Dentro do que é possível ser feito, nós estamos fazendo a nossa parte para ajudar destruir esse obstáculo.

Em relação a outros países, é possível dizer que a situação por aqui é muito mais tranquila e longe de atingir um caótico. Porém, ironicamente, isso tem trazido um efeito negativo porque muitas pessoas não estão dando a devida atenção a esse problema e ignorando as medidas de segurança por acreditarem que isso tudo não passa de um grande exagero (mesmo com tantas evidências já confirmadas em outros países).

Depois que essa pandemia for embora e esse vírus for controlado, o Brasil ainda terá um caminho difícil na sua reconstrução enquanto nação porque os nossos problemas mais urgentes já atravessam muitas décadas. Infelizmente, eles estão bem longe de serem resolvidos e esse episódio protagonizado pelo Covid-19 consegue explicitar alguns deles de uma maneira bem visível para quem está ciente da nossa realidade.

Por fim e concluindo esse panorama geral, esse momento requer muita atenção, um senso de coletividade e empatia pelas necessidades dos outros mais evidente e um nível de cautela acentuado porque trata-se de um momento crítico para todo o mundo (nenhum lugar está 100% seguro) porque não é uma situação isolada (embora muitas pessoas pensem dessa forma) e que só será resolvida com a colaboração de todos.

Sort:  

He said, 'Stop doing wrong things and turn back to God! The kingdom of heaven is almost here.'(Matthew 3:2)

Bro. Eli Challenges Atheism Belief, There is No God

Watch the Video below to know the Answer...
(Sorry for sending this comment. We are not looking for our self profit, our intentions is to preach the words of God in any means possible.)


Comment what you understand of our Youtube Video to receive our full votes. We have 30,000 #SteemPower. It's our little way to Thank you, our beloved friend.
Check our Discord Chat
Join our Official Community: https://steemit.com/created/hive-182074

This post is shared to Twitter in support of @ocd and @ocdb's #posh initiative.

https://twitter.com/wiseagent_apo/status/1240002354117857280

Coin Marketplace

STEEM 1.08
TRX 0.14
JST 0.128
BTC 56441.91
SBD 6.88