O que leva pessoas a aceitarem discursos extremistas: a janela de Overton. – Filosofia da Ciência.

in #pt2 years ago

Quando vemos diversos temas sendo debatidos de forma ampla, seja na internet ou fora dela, temas que há décadas atrás seriam motivos de chacota ou revolta, como por exemplo, o movimento anti-vacina, o neonazismo, o terraplanismo e a negação do aquecimento global, saibam, que estes assuntos podem ser temas devidamente pensados por grupos para tirar o foco do problema real.



 
Usei a imagem do cavalo de Tróia pois assim como ele, o discurso sempre vem com um "presente".Fonte


01.png
 

Foi percebendo tal fato que Joseph Overton criou sua teoria, a “Janela de Overton” ou a “Janela do Discurso”. O estudo se resume basicamente a um ponto, colocar temas absurdos em pauta até torná-los brandos ou, em muitos casos, tornar aceitável um tema que seria antes moralmente inaceitável, ou seja, manipular a opinião pública induzindo-a ao erro para propor pautas antes descabidas. Vale ressaltar que esse estudo foi iniciado por ele na década de 90 e hoje é amplamente discutido entre diversos autores e por muitos cientistas, visto que Overton morreu em 2003.
 
A janela não é imutável, a quantidade de temas pode ser aumentada ou diminuída, e geralmente, são mudanças lentas que variam de acordo com os valores e o moralmente aceitável de cada sociedade. Acrescentarei uma imagem para tornar o texto mais didático.

overton.jpg

Tentarei exemplificar, 60 anos atrás, era impensável a qualidade da educação que temos hoje, não sei no Brasil inteiro, mas aqui na minha região (Baixada Santista), fazia-se um tipo de vestibular para o ingresso no Ensino Médio, quem não conseguia passar na prova, tentaria novamente no outro ano ou necessariamente teria que pagar a escola privada, que eram poucas naquela época, aqui ao menos.
 
A qualidade da educação na época era alta, relacionando as pessoas que estudaram na escola pública da minha região e que tem entre 70 e 50 anos, seu nível intelectual é elevado para os dias atuais, são pessoas que conhecem um pouco de muitas coisas e não reproduzem teorias mirabolantes, são pautadas em fatos.
 
Só que, principalmente após a “tomada” do poder por parte dos militares em 64, o tema educação virou um problema, afinal, educação de qualidade custa caro. Foi então iniciado o projeto de destruição moral da educação pública e do professor no Brasil, as falas do hoje então presidente e do seu ministro da educação, são falas já bem antigas.
 
Mas tudo se inicia com uma proposta até então inaceitável pela sociedade até chegar em um ponto que seja aceitável ou sensível para grande parte da população, esse processo não tem fim, é continuado por décadas se necessário. Como já disse, 60 anos atrás, a educação que temos hoje era inaceitável pela população, infelizmente, a tendência é piorar cada vez mais.
 
Portanto, o ponto de partida é o impensável, transformando o radical mais brando e colocando o tema em pauta na sociedade, com o tema em pauta, boa parte das pessoas ainda entenderão de forma sensível mas muitos outros também acharão aceitável, e, já com o tema sendo amplamente discutido pela sociedade acaba-se chegando em um consenso.
 
Mas como a classe política consegue alterar a bel prazer tudo que coloca suas mãos, atualmente modificaram essa janela colocando temas em pauta inadmissíveis para exercer ou aprovar sua agenda econômica ou pessoal. Um grande exemplo disso é o Brasil, décadas atrás, qualquer brasileiro em sã consciência nunca imaginaria um cara que nem o nosso presidente à frente da república.
 
Ou seja, um cara que desacredita qualquer tipo de estudo ou análise séria baseado unicamente em “crendices”. Aqui vai um raciocínio lógico. Quando se coloca em pauta que vacinas causam doenças, gera um medo em boa parte da população tornando a discussão desse tema aceitável, logo, o governo pode cortar contrato com diversos laboratórios públicos que produzem remédios de baixo custo para o SUS favorecendo dessa forma laboratórios privados e encarecendo esses medicamentos.
 
Quando se critica a ciência com a teoria terraplanista, a negação do aquecimento ou se prega que estudos feitos pelo INPE estão errados, torna-se aceitável vermos notícias sobre o avanço da agricultura em áreas ambientais protegidas, desmatamento por parte de madeireiros, até o ponto extremo, a matança ou retirada das terras dos índios torna-se aceitável.
 
Muitas vezes até a confusão ou o excesso de temas esdrúxulos são utilizados para a mudança de foco de se retirar direitos do povo e do trabalhador e até, tornar o nepotismo aceitável como vem ocorrendo. Mas tudo isso já está sendo colocada em pauta há décadas, agora é apenas o xeque-mate.
 
Onde imaginaríamos décadas atrás um astrólogo que se diz filósofo fazendo o sucesso que faz? Seria no máximo “a piada” do boteco da esquina, mas não, o cara tem milhares de seguidores, ministra um curso (?) e se gaba de não ter concluído nem o ensino fundamental, para piorar, ainda dá “ordens” dentro do governo tupiniquim.
 
Para finalizar, questionar é preciso, mas um questionamento consciente, não questionamento baseado em qualquer coisa que se vê no youtube ou em estudos tendenciosos de revistas acadêmicas que cobram para inserir artigos. Mas infelizmente este é um caminho perverso que a nação está seguindo, não se espantem se daqui uma década, ateus, gays e cientistas sejam condenados ao fogo. No mais, termino com uma citação de René Descartes do livro “Discurso Sobre o Método”.
 

“[…] porque apresentava as razões que me induziram a duvidar de muitas coisas que os demais têm como certas, e sem me vangloriar de qualquer doutrina.[…]” (Descartes)


01.png


Todos os meus posts estão agrupados no Steem Center. Acompanhe: Link.


01.png

Sort:  

This post was upvoted by SteeveBot!

SteeveBot regularly upvotes stories that are appreciated by the community around Steeve, an AI-powered Steem interface.

Esse é um post que levaria a uma longa discussão. Visto que há pontos que, do meu ponto de vista, são distoantes. E o péssimo é totalmente aceitável. No entanto, considerando dez anos é um tempo absolutamente largo para que se aceite.

Sim @nascimentoab, é um tema que dá para ser debatido por horas. Mas se encaixa bem nos conceitos da Sociologia, visto que, estudos demonstram que mudanças sociais e culturais levam décadas para ocorrer, é mais ou menos isso o que ocorre com a janela de Overton, a única diferença é quem pauta a mudança.
Como temos hoje um cenário polarizado, podemos pensar da seguinte forma, as mudanças são propostas pela esquerda ou direita?
Valeu pelo comentário e leitura!

Posted using Steeve, an AI-powered Steem interface

@demokratos, thank you for supporting @steemitboard as a witness.

Here is a small present to show our gratitude
Click on the badge to view your Board of Honor.

Once again, thanks for your support!

Parabéns, seu post foi selecionado pelo projeto Brazilian Power, cuja meta é incentivar a criação de mais conteúdo de qualidade, conectando a comunidade brasileira e melhorando as recompensas no Steemit. Obrigado!

footer-comentarios-2.jpg

Coin Marketplace

STEEM 1.01
TRX 0.13
JST 0.143
BTC 56297.94
ETH 2201.92
BNB 512.12
SBD 8.14