Você é autoral? Ou é um papagaio de pirata?

in #pt3 years ago

papagaio.jpg
fonte


Você pode não concordar comigo e é um direito que você tem. Afinal, é importante que existam os dois pontos: A divergência e a convergência de ideias. Eu acredito que sem esses elementos, não é possível desenvolver novas ideias, novos pensamentos.

Conheço pessoas que sempre que vão responder a alguma pergunta ou mesmo fazer algum comentário. Lançam mão de um link de um texto, de um link de um vídeo, do nome de algum livro. Palavras próprias, no sentido de serem autorais, quase nenhuma.

Antes que se chegue a conclusões errôneas, quero deixar claro que é importante mesmo que faça tudo isso: Leia livros, veja canais do Youtube, assista suas séries no Netflix, faça curso online, enfim... faça tudo que goste e que considere que agrega. Mas quando perguntado a respeito de algo... Não dá para descer do muro?

Eu acho importante o indivíduo ser autoral na formulação de suas ideias e seus pontos de vista a respeito do que lhe é perguntado. Fazer referências para sustentar sua opinião é totalmente válido. Falar de algum tema com base em suas percepções e usar as referências que conhece, perfeito. Só não concordo com coisas do tipo: "Acho que você precisar ler um pouco mais... link". Não formula a ideia. Não fala nada sobre o que está trazendo e deixa a cargo de quem recebe o link, fazer as interpretações que supostamente acredita o indivíduo que enviou, serão as mesmas que ele. Do meu ponto de vista, isso deixa um vácuo intelectual.

Você recebe o link, lê. E tira suas conclusões. E a do indivíduo que enviou? Onde está?!
Quem tem esse tipo de atitude para mim não passa de um Papagaio de Pirata.

O indivíduo lê tudo quanto é livro. Assiste tudo quanto é vídeo. Assiste tudo quanto é sério. Assiste tudo quanto é filme. É graduado, pós-graduado, MBA e etc... E o máximo que consegue fazer é enviar a referência do que viu. Quando na verdade está sendo questionado pelo SEU PONTO DE VISTA. O QUE PENSA a respeito. E você recebe um link... É complicado.
É em condições como essas que a conversa não evolui.

Eu prefiro que o indivíduo formule seu próprio raciocínio, ainda que divirja de todos, mas é dele. E ter a oportunidade de discutir abertamente, do que se esconder atrás de um link tentando se passar por intelectualizado. Uma resposta do tipo: "Não tenho uma opinião formada a respeito dessa assunto" é uma opinião.

Fazer uma referência como: "Pronto Falei!" como diz o jornalista Reinaldo Azevedo. Fazendo referência o bordão do jornalista ao terminar sua exposição. Vamos e convenhamos que passa, não?!

O que pensa você a respeito? Você é um papagaio de pirata ou tenta sempre que possível ser autoral?


SteemIt!

Pense a respeito...

Sort:  

Saudações, man

Felizmente, sou autoral.

Percebi isso há alguns anos, quando parei de repetir e acreditar no que os professores falavam e comecei á formar minha opinião sobre praticamente tudo que leio, vendo o que acho bom ou ruim sobre aquilo.

Porém,não é um processo simples. Percebo que a criação familiar da pessoa influencia em muito essa questão da autonomia. Crianças criadas por pais incentivadores e autônomos tendem á ter muito mais facilidade á criar pensamentos mais críticos, enquanto que, crianças criadas por pais autoritários, tendem á demorar mais para se liberdade dessa "prisão" ou , nunca se libertam, seguindo o mesmo jeito dos pais e fazendo isso com os filhos, gerando uma vida de sofrimento.

Para ocorrer essa "libertação" é necessário que a pessoa leia muito. Ler não é apenas passar os olhos em uma página de livro, é compreender o que está sendo dito naquele livro.

Obrigado pela postagem e bom dia!

Infelizmente o "senão" fica com os que nunca terão o prazer de conhecer tal liberdade devido suas limitações. O que realmente é algo a lamentar. Uma vez feita essa descoberta, isso garante que todos a partir de você, sua próxima geração, será melhor.
O que me incomoda de fato é a preguiça intelectual. Indivíduos que tem condições e capacidade intelectual, mas quando questionado se abstém... lamentável.
Agradeço seu comentário.

Parabéns, seu post foi selecionado para o BraZine! Obrigado pela sua contribuição!
BraZine.png

Excelente tema para gente questionar aqui @nascimentoab, divergências de ideias realmente sempre teremos e o que cabe é de ambas as partes se respeitarem. Sobre "as fontes", muitas pessoas acababam sendo "alienadas" até certo ponto de não poderem nem conseguir se expressar livremente. Presas em ideias já estruturadas e no mundo real o que vimos hoje é da pessoa dizer pra outra: "Vai estudar!" hahaha... complicado...


projeto #ptgram power | faça parte | grupo steemit brasil

Parabéns, seu post foi selecionado pelo projeto Brazilian Power, cuja meta é incentivar a criação de mais conteúdo de qualidade, conectando a comunidade brasileira e melhorando as recompensas no Steemit. Obrigado!

footer-comentarios-2.jpg

Bom tema @nascimentoab!! Muita gente vive fazendo referência a Fulano, Beltrano, etc., e nunca é capaz de pensar de forma autonoma, muitas vezes expressando até pensamentos que não se encaixam muito bem na nossa atualidade, usam a relevância de outras pessoas como defesa e por infelizmente nós seres humanos termos o costume de ligar para status, a coisa fica por isso mesmo...