Respeitar e valorizar os idosos, seus saberes e experiências, como fazer? - [reflexão]

in #pt3 years ago (edited)

O jovem conhece as regras, o velho conhece as exceções..png

O último post que escrevi foi sobre o direito de escolher ter uma morte digna, o direito de escolher passar pelo processo da eutanásia ativa, o direito de ir com dignidade, principalmente para pessoas com doenças terminais e para idosos que não querem mais continuar como estão.

Foquei a argumentação principalmente sobre o fato de que cada vez mais, por n motivos teremos mais idosos de idade avançada ou com doenças terminais que precisarão e irão querer ter o direito de ter uma morte digna sem dor e sofrimento prolongado. Reafirmo essa posição há pelo menos uns 5 anos e estou sempre lendo sobre esse tema, acompanhando as mudanças, e continuarei reafirmando, até que a base de evidências que me baseio seja alterada.

Dito isso, hoje, resolvi falar de um outro lado desse fato, que também venho observando e refletindo tem um tempo, que é a necessidade de criação ou ampliação de projetos que aproveitem o potencial humano, a sabedoria e a experiência de pessoas idosas, ou que simplesmente mantém a dignidade que essas pessoas merecem ter no final de sua vida, evitando o isolamento das mesmas.

A situação atual

Novamente, reitero a necessidade de olharmos para esses temas, pois a cada ano que passa, a população de idade avançada só aumenta, enquanto os direitos que essas pessoas tem diminuem por n motivos, fazendo com que mesmo na velhice muitas mulheres e muitos homens ainda tenham que se sustentar, geralmente em subempregos.

Em tese os estados deveriam cuidar dessas pessoas, porém com o avanço do liberalismo, neoliberalismo e afins, a tendência é essas pessoas ficarem desguarnecidas e terem um final de vida triste. Há quem argumente que os estados e suas intituições estatais não cuidam dos idosos e deveriam serem extintos, porém as alternativas privadas não estão funcionando muito bem também. Não falo de impressões, nem estou falando somente de ideologias, mas sim falando de fatos documentados.

No Chile um país que até pouco tempo era visto como um modelo por mudanças no sistema de previdência, sendo adotado um modelo privado, uma crise cada vez mais se acentua e prejudica os idosos, fazendo com que aproximadamente 91% da população idosa receba um benefício inferior a 760 reais(menos até do que o Brasil, vejam só).

Na Coréia do Sul os idosos e idosas que lutaram pelo desenvolvimento do país são abandonados na pobreza, com as idosas tendo que se embrenharem na prostituição para se manterem.

No Japão, idosos e idosas tem preferido ir para a prisão para não ficarem tão solitárias e solitários e conseguirem se alimentar.

Listen the advice of older people. Not because they are always right, but because they have more experience of being wrong
(Ouça o conselho das pessoas mais velhas. Não porque elas estão sempre certas, mas porque elas tem mais experiências em estarem erradas)
– Unknown (Anonimo)

Em diversos outros países o suicídio não assistido, e consequentemente mais doloroso e nocivo tem crescido para números cada vez mais assustadores, por diversos motivos. Idosos e idosas resolvem abreviar suas vidas para não serem "fardos"(principalmente na questão financeira) para suas famílias, por não conseguirem comprar remédios ou até mesmo se alimentar, por se verem abandonados em uma sociedade que não tem ocupações e trabalhos para eles, entre outros motivos.

O Brasil é um dos países onde esses números tem crescido cada vez mais, e com as mudanças no sistema de previdência entre outras mudanças, a tendência é esse crescimento se fortalecer.

Tudo isso que citei incorre ou ocorre porque por diversos motivos, como falta de oportunidades, falta de projetos e ações que os valorizem, isolamento, maus-tratos, falta de autonomia, os idosos se vem em uma posição que leva-os a acreditar que são inúteis, que ninguém se preocupa com eles, que são um "fardo", entre outros pensamentos.

Quais são as soluções?

Soluções reais, concretas e em larga escala para esse cenário ainda estão em desenvolvimento, e muito coisa ainda vai ter que acontecer para que essas mudanças ocorram, seja na forma como vemos produtividade, seja na forma como vemos a manutenção da vida em uma lógica do capital, etc.

Porém alguns países, alguns projetos e até mesmo alguns idosos tem criado e desenvolvido ideias que podem ser uma amostra de como criar resoluções em grande escala para essa questão.

Age is something that doesn't matter, unless you are a cheese.
(Idade é algo que não importa, a não ser que você seja um queijo)
Luis Bunuel

Se por um lado a questão física ainda tem algumas limitações, com cuidados e atenção certa a parte mental humana pode sempre se manter em atividade, e existem alternativas que exploram isso, como a Speaking Exchange criada pela CNA em que jovens brasileiros conversavam em inglês com idosos dos EUA.

Projetos que incentivam idosos fazerem mentoria de jovens tem sido realizados e desenvolvidos também em alguns países, como o projeto Generation to Generation que visa incentivar pessoas maiores de 50 anos fazerem mentoria de jovens, transmitindo conhecimento, compartilhando experiências e servindo de apoio para jovens que muitas vezes se veem sem rumo ou apoio emocional para seguirem seus sonhos e suas vidas.

Pesquisas indicam que há vantagens e beneficios, tanto na saúde e no desenvolvimento de idosos quanto para os jovens envolvidos em processos seguros de mentoria, além de afetar positivamente indices de desenvolvimento das sociedades em que esses projetos acontecem.

Old minds are like old horses; you must exercise them if you wish to keep them in working order.
(Mentes idosas são como cavalos idosos; você precisa exercitar elas se você deseja manter elas funcionando.)
John Adams

Por outro lado, alguns projetos de jovens mentorando idosos também estão sendo desenvolvidos em algumas países e empresas, fazendo com que idosos possam aprender conceitos novos e com que jovens consigam desenvolver habilidades sociais e de liderança.

Esse conceito todo de mentoria não é novo, porém é pouco utilizado, e em países como o Brasil ainda são raros, o que não impede que possam ser desenvolvidos.

Além de projetos de mentoria, estão sendo realizadas ações de mudanças em leis e estruturas de trabalho.

Algumas empresas tem criados vagas mais direcionadas para idosos, inclusive de estágio, chamadas de estágio senior, que podem incluir e até mesmo dar novas oportunidades para profissionais de maior idade sem necessariamente ter o mesmo ritmo de vagas comuns.


Filme Um Senhor Estagiário de drama/humor que trata do tema abordado no post de forma leve e interessante

Para além de trabalho e mentoria, estão cada vez mais aparecendo mudanças na forma como se lida com os idosos, com criação de vilas para idosos e idosas em vez de asilos, o que faz com que haja mais interação, mais autonomia e opções para pessoas de idade avançada, essas vilas podem ser tanta de iniciativa pública, quanto privada, existindo exemplos autonomos de grupos de amigos que se reuniram para criar vilas, existindo exemplos tanto no Brasil quanto em outros países como a Espanha


Professores e funcionários da Unicamp que se uniram para criar uma vila.

The wisdom and experience of older people is a resource of inestimable worth. Recognizing and treasuring the contributions of older people is essential to the long-term flourishing of any society.
(A sabedoria e a experiência das pessoas mais velhas são um recurso de inestimável valor. Reconhecer e guardar as contribuições de pessoas idosas é essencial para o desenvolvimento a longo prazo de qualquer sociedade)
Daisaku Ikeda

O que o futuro traz?

Bem, como mostrei, existem muitas alternativas para conceder e devolver dignidade para nossos idosos e nossas idosas, tanto para aqueles e aquelas que não querem mais viver, quanto, principalmente no caso desse post, para aqueles e aquelas que querem continuar vivendo e produzindo.

Existem alguns empecilhos, como falta de recursos, visão da sociedade, falta de respaldo em legislações, ampliação e aumento da escala dos projetos, mas acredito que com consciência e vontade podemos construir um futuro mais positivo e digno para todos e todas, até porque tanto a população de maior idade, quanto as outras populações, a sociedade e a raça humana tem muito a ganhar com as alternativas positivas e dignas que existem, basta colocar a mão na massa e fazer acontecer!!

Eu mesmo tenho algumas ideias de projetos que pretendo realizar, e assim que tiver recursos e estrutura farei com que aconteçam e espero que cresçam positivamente para além das minhas expectativas, quando puder falarei mais sobre.

E você? O que acha desse tema? Tem alguma ideia ou conhece algum projeto nesse sentido? Compartilhe conosco!!

Se você gostou desse post, dê um upvote, um resteem caso tenha alguma crítica construtiva, dúvida ou sugestão, comente aí, estamos aqui para aprender e melhorar!! Até!!!

This post was written in Portuguese. Consider using Google Translate or other online translator to help you with translation.

Sort:  

Parabéns, seu post foi selecionado pelo projeto Brazilian Power, cuja meta é incentivar a criação de mais conteúdo de qualidade, conectando a comunidade brasileira e melhorando as recompensas no Steemit. Obrigado!

footer-comentarios-2.jpg

Awesome post!! Keep it up and check out THIS POST as well as I have something similar.